Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Regras de uma convivência salutar com um Gato Pardo

08.01.14publicado por Gato Pardo

- O Gato é como é. Gosta de ser como é. Provavelmente será sempre como é. Deal with it.

- O Gato tal como todos os felinos, não é submisso. Não me vergo a vontades, quereres ou agendas de terceiros.

- O Gato assume a sua perfeição em toda a sua imperfeição. Mas não assume a estupidez alheia. Essa deixa-a para os respectivos proprietários.

- O Gato não gosta de pombos correio. Apesar de felino, mais facilmente pego numa caçadeira (metafórica) de canos serrados e limpo a sebo aos pombos do que me mando de uma janela só porque "olha, um rato com asas...". Mais feio que arrotar postas de pescada é mandar alguém entregar o recado com receio de um cartucho (verbal, é apenas uma metáfora...) enfiado na tola. É as vantagens de saber com quem lidam.

- O Gato não aprecia particularmente que o tentem "f*der". Subtilmente, descaradamente, vai dar ao mesmo. M*rda da grossa.

- E por fim, o Gato não têm paciência para pessoas com vidas vazias, fúteis e miseráveis que tentam viver a sua existência através das minhas vitórias, sorrisos e litros de cafeína.

 

Sigam estas simples linhas de orientação e tudo correrá bem. Pisem na bola e sigam caminho. Não é um conselho. É algo a fazer. Não há segundas oportunidades para quem tão mal estima as primeiras.

5 comentários

Comentar este post